17
Set
09

Como aplicar massa térmica no CPU/GPU

Este é um tema que, apesar de parecer “lame”, está muito longe de ser consensual. A verdade é que, aplicar massa térmica é também uma “ciência” no sentido de existirem variadas técnicas, sendo que cada pessoa utiliza a sua, isto é, a que pessoalmente acha melhor. O que também é verdade é que nem todas as técnicas reflectem bons resultados. Este manual/tutorial não irá reflectir a minha experiência pessoal, pelo contrário, será tão objectivo quando possível – indo ao encontro daquelas que são, reconhecidamente, as boas e melhor fundamentadas práticas.

Antes de mais darei uns conselhos muito óbvios que, acreditem, ainda há quem ignore:

A. Nunca liguem a board com o processador inserido na socket sem o respectivo dissipador no topo – NEM UM ÚNICO SEGUNDO, MESMO QUE JÁ TENHA MASSA TÉRMICA NO TOPO!

B. Nunca liguem a board sem massa térmica entre o dissipador e o processador – AINDA QUE APENAS PARA TESTAR!

C. ALGUMAS MASSAS TÉRMICAS SÃO CONDUTORAS de electricidade – tenham muito cuidado com a aplicação deste tipo de massas, uma QUANTIDADE EXCESSIVA PODE ORIGINAL TRANSBORDO o que, por sua vez, poderá danificar a placa mãe e o próprio processador.

***

https://i2.wp.com/www.arcticsilver.com/images/p4_as_dabapply.jpg

Dito isto, mais do que palavras, creio que deva partilhar convosco estes dois vídeos que demonstram extremamente bem os resultados individuais de cada umas das técnicas de aplicação de massa térmica:

***

Depois disto, creio, fica claro que a melhor técnica é aquela que passa por simplesmente depositar uma pequena “porção” de massa térmica no centro do processador. Não é necessário, nem tão pouco aconselhável, espalhar a massa térmica antes de colocar o dissipador. Se o fizerem, ao colocar o dissipador, surgirão bolhas de ar que, precisamente pelo facto da massa térmica já estar espalhada, não conseguem sair pela acção da pressão. Essas bolhas de ar diminuirão a superfície de contacto, diminuindo também a transferência de calor, o que resulta em uma única coisa – mais calor aprisionado no núcleo do CPU/GPU.

Esclarecido isto, resta enumerar os passos para uma correcta aplicação:

1. Removam todos os componentes ligados à placa mãe, os condutores de energia inclusive, excepto o processador e respectivo dissipador;

2. Removam a placa mãe da caixa e coloquem-na em superfície não condutora e não geradora de electricidade estática;

3. Removam o dissipador e o processador;

4. Limpem a massa térmica velha com álcool – tanto do processador como do dissipador;

5. Insiram o processador na socket respectiva;

6. Antes de colocarem a massa térmica, treinem a colocação do dissipador para que melhor se familiarizem com a sua técnica de colocação (isto é importante, porque, depois de aplicar a massa térmica, é essencial que o posicionamento do dissipador seja feito com naturalidade, sem hesitações nem deslocações). No final removam o dissipador novamente.

NOTA: Repitam este passo até se sentirem à vontade com o mecanismo de posicionamento e fixação do dissipador.

7. Coloquem uma pequena porção de massa térmica no centro do processador. A porção razoável é aquela que é pouco maior que um grão de arroz.

NOTA: Esta porção pode variar de acordo com a viscosidade da massa térmica. Se a massa térmica for muito viscosa, apliquem um pouco mais. Se a massa térmica for pouco viscosa, apliquem menos.

NOTA2: NÃO ESPALHEM A MASSA TÉRMICA.

8. Coloquem o dissipador com destreza. Ver passo 6.

9. Coloquem a placa mãe na caixa, já com o processador e dissipador colocados, e montem todos os componentes.

***

Apenas uma nota final quanto à quantidade de massa térmica a aplicar. Não fiquem com a ideia de que aplicaram pouca. Na verdade, apesar da superfície do processador ser grande, praticamente todo o calor provém do seu núcleo, isto é, da parte central da superfície em contacto com o dissipador – isto também é válido para os processadores multicore. A aplicação exagerada, ou a que resulta de espalhar a massa com cartões de crédito ou até mesmo com os próprios dedos, vai apenas resultar em bolhas de ar e em transbordo o que, como disse, para além de ser perigoso em certos tipos de massa térmica condutora, também resulta em menos transferência de calor e mais calor aprisionado no núcleo.

Outra nota final: Tudo o que vejam ou ouçam, em sentido contrário ou divergente deste método, é mito ou então proveniente de quem não têm qualquer conhecimento científico senão o que retiram da sua prática. Basta ir aos sites oficiais dos fabricantes de massa térmica para verificarem que todos recomendam esta forma de aplicação porque é aquela que obtém melhores resultados.

Espero que esta espécie de tutorial tenha sido clara. Tenho pena de não ter fotos. Contudo adquiri há pouco tempo um sistema baratinho e tenho que o montar, se fizerem questão e acharem que melhor esclarece este tutorial, tirarei fotografias acerca da aplicação da massa térmica.

Qualquer dúvida, disponham. Cumprimentos.

Post Scriptum: Este manual/tutorial é igualmente válido para GPUs.

Anúncios

5 Responses to “Como aplicar massa térmica no CPU/GPU”


  1. 1 Miguel
    17 de Setembro de 2009 às 14:03

    Óptimo tutorial para corrigir a última vez que apliquei, e mal, massa térmica num cpu. Utilizei a técnica do espalhar a massa… :-O

    Obrigado e boas Dicas

    Miguel

  2. 28 de Maio de 2010 às 01:34

    Excelente artigo! Espero ter bons resultados no processador do meu pc.

  3. 3 Orange
    5 de Junho de 2012 às 00:34

    Gostei muito deste artigo. Bastante útil, prático e esclarecedor. É desta forma que se enriquece o conhecimento de todos os que querem aprender. Obrigado

  4. 4 JMoutinho
    17 de Janeiro de 2013 às 19:13

    Gostei! Para qué complicar um processo que afinal de contas é simples! Obrigado!

  5. 5 Zeca
    22 de Outubro de 2013 às 22:51

    Excelente artigo! Parabéns!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Ubuntu 10.04

Ubuntu: For Desktops, Servers, Netbooks and in the cloud
Setembro 2009
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Petição contra o Novo Acordo Ortográfico

manifestodefesalinguapoug5

Plágio!

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Visitas

  • 428,296 visitantes

%d bloggers like this: