30
Jun
09

Mozilla Firefox 3.5 (final)

Finalmente, ao fim de vários meses de desenvolvimento e de uma mudança súbita de nomenclatura, eis que a Mozilla finalmente disponibiliza a versão final do Firefox 3.5 (clique para fazer download).

firefox 3.5

Muitas são as novidades que nos traz o Firefox 3.5, sendo que, muito provavelmente, a mais importante será o suporte do protocolo html 5, acarretando uma nova tecnologia que permite renderização de vídeo sem necessidade de plugins externos como o adobe flash. Não obstante, as novidades são muitas mais:

Hoje, é dia de lançamento do Firefox 3.5. Como esta versão é um salto grande em relação ao Firefox 3.x, deixo aqui um resumo do que podem encontrar nesta nova etapa do famoso browser da Mozilla.

Suporte para as tags audio e video do HTML5:
Graças às tags e , é possível embeber ficheiros de vídeo e música nas páginas web. O Firefox 3.5 suportará os formatos Ogg Theora, Ogg Vorbis e Wav.

Recursos offline:
A especificação do HTML5 prevê a possibilidade de fazer cache, no computador do utilizador, das aplicações web. O Firefox fará uso desta funcionalidade, criando uma cópia local da aplicação web que está a ser acedida. Isto permite uma maior rapidez no carregamento das páginas, uma vez que os objectos inalterados serão carregados directamente da cache.
O Developer Center da Mozilla explica os detalhes técnicos desta funcionalidade.

Suporte para CSS3:
Com o suporte para CSS3, o Firefox 3.5 terá um vasto leque de novidades ao seu dispor. Uma delas é a regra @font-face, que permite embeber tipos de letra para que o website seja mostrado da forma que o seu criador pretende. Existem muitas mais, como a aplicação de sombra ao texto, definição simples de cantos arredondados em diversos elementos e opacidade.

Novo motor para render de JavaScript:
O Firefox 3.5 inclui um novo motor para fazer o render de JavaScript, o TraceMonkey. Com ele são conseguidas melhores performances, permitindo um carregamento mais rápido dos websites e um menor consumo de memória por parte do browser.

Navegação privada:
Um modo de navegação privada está agora disponível. Quando activada, esta funcionalidade permite que, nenhum cookie, cache ou outro tipo de informação fica guardado no computador do utilizador – é como se o utilizador não tivesse usado o browser.

Novo ícone:
Nem todas as novidades estão relacionadas adição de novas funcionalidades ou optimização das existentes. Com o lançamento do Firefox 3.5, a Mozilla introduz uma nova versão do ícone deste browser.

Restauro inteligente de sessões:
No Firefox 3.0.x, sempre que o browser fechava inesperadamente era possível recuperar a sessão. Assim, todos os separadores que estavam abertos eram reabertos. No Firefox 3.5, esta funcionalidade sofreu uma pequena alteração e agora, em vez de abrir todos os separadores, permite ao utilizador escolher quais os separadores que pretende restaurar. Para além disso, é também possível reabrir separadores e janelas fechados – seja acidentalmente ou porque, na altura, se sentiu não haver necessidade de manter o separador ou janela abertos.

Perfis de cor:
Agora, o Firefox suporta perfis de cor de forma dinâmica. A cada foto é associado um perfil de cor para que esta possa ser vista com as suas cores originais.

Geo-localização:
Graças à informação sobre o endereço IP e à triangulação do Google Wi-Fi, o Firefox consegue determinar – com maior ou menor grau de exactidão – a localização do utilizador e apresentar resultados daquela zona nas pesquisas. Se não quiserem as vossas pesquisas restritas a resultados da zona onde se encontram, ou acharem que isto de alguma forma vos retira privacidade, podem desactivar facilmente esta funcionalidade.

Se preferirem, podem ver um vídeo com o resumo das novidades do Firefox 3.5 no website da Mozilla.

in Mozilla.pt

Por outro lado a Mozilla pretende fazer valer a ideia de que a versão 3.5 do seu browser é mais rápida de sempre e, para o efeito, podemos encontrar na página principal uma pequena referência.

fast

Referência que é desenvolvida mais densamente no site e no qual podemos encontrar alguns vídeos renderizados pelo protocolo html 5.

De qualquer forma só podemos sabes o que realmente vale este novo Firefox experimentando, portanto, meus amigos, toca a actualizar.

N.B. – Será que mais ninguém notou que quem estava a utilizar a última versão RC, como eu, teve o update automático para a versão final mais cedo?

Anúncios

3 Responses to “Mozilla Firefox 3.5 (final)”


  1. 30 de Junho de 2009 às 23:17

    Será que mais ninguém notou que quem estava a utilizar a última versão RC, como eu, teve o update automático para a versão final mais cedo?

    Acho que é ao contrário: a ideia de um release candidate é que, se tudo correr bem, é igual à versão final. Só quando algo corre mal (o que infelizmente é comum nestas coisas) é que há mais do que um RC. Repara que o RC1 já não dizia RC em lado nenhum, e teria sido a versão final se não tivessem detectado alguma falha; da mesma forma, o RC2 auto-descreve-se como final, e desta vez foi. 🙂

    Afinal, se descobrirem algum problema num RC, não podem simplesmente corrigi-lo e lançar a versão final, não é? Têm de lançar mais um RC, e assim sucessivamente, até que um “sobreviva” uns dias sem problemas.

    • 1 de Julho de 2009 às 00:51

      Isso resulta do facto de RC querer significar release candidate. Portanto, se é candidato a final, pode acabar por ser a versão final sem mancha.

      A questão é que o meu firefox sofreu uma actualização há uns 3/4 dias e no “Sobre o Mozilla Firefox” desapareceu o “RC”. Pode ter sido como diz: eles concluíram que não eram necessárias correcções e foi apenas um update para fazer desaparecer o “RC” e tudo o que tem a ver com a essa versão. Mas pode também não ter sido. Já não seria a primeira vez que eu teria acesso a um update da anterior versão do Firefox antes mesmo de ela aparecer no site para download.

      Por outro lado nada impede que tenham surgido “reports” de bugs que foram corrigidos à última da hora e a tempo da versão final (que já estava agendada para o dia 30 de Junho). Temos que ter em mente que nenhuma versão final é, na verdade, “final” no sentido próprio do termo – significa tão-somente que é uma versão estável e testada que pode ser utilizada com segurança sem riscos.

      Já agora, também lhe aconteceu o update automático?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Ubuntu 10.04

Ubuntu: For Desktops, Servers, Netbooks and in the cloud
Junho 2009
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Petição contra o Novo Acordo Ortográfico

manifestodefesalinguapoug5

Plágio!

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Visitas

  • 427,004 visitantes

%d bloggers like this: