Arquivo de Abril, 2009

26
Abr
09

Mafia II (gameplay)

Ainda acerca do Mafia II, aqui ficam três vídeos que nos abrem o apetite para o que poderemos encontrar no jogo:

Vodpod videos no longer available.

more about “Mafia II (gameplay)“, posted with vodpod

Vodpod videos no longer available.

more about “mafia II (2) Video“, posted with vodpod
Vodpod videos no longer available.

more about “mafia II (3) Video“, posted with vodpod

24
Abr
09

Sócrates e o telejornal “travestido” da TVI

Acerca das recentes declarações do PM José Sócrates sobre o telejornal “travestido” da TVI, vamos por partes:

“Acham que aquilo é um telejornal?”

Se a pergunta foi para mim, a resposta é muito simples: Não.  Eu nem estudei Comunicação Social, mas nem é preciso estudar para saber que a trave mestra do jornalismo é a isenção e, de cada vez que termina uma reportagem vídeo, estar a ver e a ouvir uma senhora a proferir expressões do género “é o que se tem visto”, “nós por cá não vimos nada”, “uns chamam educação, eu chamo cobardia”, etc., está logo tudo dito.

O jornalismo é a arte de levar a informação às pessoas e não a arte de “fazer a cabeça às pessoas” – A menos que isto seja a mesma coisa e então aí estão no bom caminho! Vocês brilham!

Quando ligo a televisão para ver um telejornal quero ser informado, não quero ouvir a opinião das pessoas que se aproveitam do tempo de antena que lhes é concedido. Se eu estiver interessado numa opinião vejo ou ouço os programas que servem para isso mesmo, com pessoas que realmente sabem do que falam.

“É um telejornal travestido feito de ódio e perseguição pessoal”

Travesquê? Ahhhhhhhhhhhhhhhhh! Seu maroto! O nosso PM é um máximo, digam lá que não é!

https://i0.wp.com/2.bp.blogspot.com/_7VlqYiYRNwc/R6uUQVlXv3I/AAAAAAAAAlY/yygFdWVlrno/s400/Jos%C3%A9+S%C3%B3crates.jpg

Ódio? Nah…

Perseguição pessoal? Mas estás louco? Até parece que o telejornal da TVI fala de ti todos os dias! Krrr… Krrr…

“Eu não movi processos judiciais contra jornalistas mas sim contra pessoas que me difamaram”

Eu não digo que o nosso PM é maroto? Vejam lá a subtileza do “pessoas” em contraposição com o “jornalistas”! Hein? Aposto que esta argumentação pega em qualquer tribunal…

“A liberdade de imprensa quando é utilizada para injuriar está a difamar essa liberdade.”

“Injuriar”, “difamar”, bla bla bla. O que é isso nesta sociedade, senão os crimes nossos de cada dia? Ao menos a TVI varia, e vai por outros crimes como a “estalada”, a “violência das domésticas”, os “confrontos entre ciganos e africanos”, etc. Temos sempre essas variáveis muito mais atractivas. Ah, e o Freeport – esse caso onde todos são culpados, mas ninguém é acusado. Ou será o contrário? Ou será vice-versa? Bahhhh, desisto, deve ser qualquer coisa muito grave, até porque vem sempre à baila nas eleições. O jornalismo também tem destas coincidências… O telejornal da TVI já nem fala de outra coisa, “jornalismo de investigação” – dizem eles. Eu chamo-lhe outra coisa: “investigação de quintal”! Porque o nosso país é maravilhoso – nem o Ministério Público tem meios para investigar decentemente este tipo de processos, mas uma cadeia televisiva tem!!! Se têm, ponham-na ao serviço da da justiça e não ao serviço da “propaganda”!

Pois, a verdade é que não têm – os tribunais das televisões são realmente muito fáceis. Agora até me lembrei de um programa que dava na SIC que se chamava “O juiz decide” e que terminava com uma senhora que dizia sempre “O juiz decidiu, está decidido”. Epa, era tão fixe, não era?

Já agora, porque é que o site da TVI não “quota” os blogs? Twitter é pra “lames” pah!!!

23
Abr
09

Ubuntu 9.04 (final)

logo-ubuntu

(EDITED: Está confirmado, é a versão final)

Bem, não posso confirmar com toda a certa esta novidade, contudo, comparando a nomenclatura das imagens .iso da versão RC do ubuntu 9.04 (ubuntu-9.04-rc-desktop-amd64.iso) com aquela que agora é apresentada nos servidores da darkstar (ubuntu-9.04-desktop-amd64.iso) tudo me leva a crer que temos aí o novo ubuntu 9.04 disponível para download mesmo antes do anúncio oficial que para já ainda nem consta do site do projecto, nem do site do distrowatch. (03:10 – 23 Abril 2009)

jauntyjack

Fica aqui o link para efectuarem o download, quando a mim já levou click e já vai entrar para instalação imediata!

Vamos lá ver se esta lebre é tão feroz quanto aparenta!

(EDITED: Está confirmado, é a versão final)

17
Abr
09

Mafia II

Quem é que não se lembra de um jogo lançado para o PC no ano de 2002 chamado “Mafia”? Pois eu não me esqueci e ainda tenho tenho os 3 cd’s do Mafia na minha colecção, prontinhos a entrar no PC para recordar aquela brilhante história, aquelas interessantes e variadas missões, aquela enorme cidade, aquela fantástica banda sonora, aqueles carros que, hoje, só encontramos no poder de museus e coleccionadores!

mafia_20041122232542

mafia021600x1200_2

Quem, como eu, se recorda tem motivos para se alegrar! Está aí a chegar a tão aguardada sequela. Segundo a equipa de desenvolvimento, Mafia II será tudo aquilo que o original foi, mas muito melhor:

But 2K Czech and 2K Games are gearing up for Mafia II, a sequel to the unappreciated crime drama with a new look, enhanced engine, better driving, deadlier shootouts, and a brand-new story.

942953_20090416_790screen003

942953_20090416_790screen005

Outra grande notícia é o facto de estar a ser desenvolvido para o PC, para a Xbox 360 e para a PlayStation 3. Pelos vistos os amantes da wii não terão sorte. Da minha parte mal posso esperar – só tenho que me preocupar em comprar a minha nova Xbox 360. Entretanto vou recordar o Mafia no meu PC!

16
Abr
09

Susan Boyle

Susan Boyle, a mulher que demonstrou, desmascarou e venceu o cinismo e o preconceito das pessoas…

http://www.youtube.com/watch?v=d-KiGva9dV4

… só com a sua voz.

16
Abr
09

notícias estúpidas

Qualquer dia vou criar uma tag ou um espaço semanal sobre “Notícias Estúpidas”. Acreditem, todos nós teríamos matéria de sobra para nos dedicarmos só a isso. Contudo, como não tenho tempo nem paciência para ler a esmagadora maioria das besteiras que se escrevem e publicam descaradamente, sem dó, nem piedade, nem qualquer pingo de “ratio”, vou-me limitar a criticar uma notícia que li à segundos e que vem no seguimento de milhares de notícia: todas com o mesmo conteúdo. Talvez nem é à toa que a própria justiça os vá processar. Tudo sabendo que corro o risco de dar crédito e hits ao site do semanário em questão.

O Semário Sol publica isto:

Google Earth utilizado na preparação de assaltos

As autoridades brasileiras estão a ser confrontadas com uma nova estratégia de planeamento de assaltos. Alguns jovens estão a revelar que recorrem ao Google Earth para identificar pontos de segurança fracos em condomínios.

A informação é avançada pelo portal brasileiro O Dia Online, que refere que na semana passada três jovens presos por terem assaltado uma casa em São Paulo, contaram à polícia que utilizaram o programa on-line para planear as suas acções, em busca de áreas menos protegidas.

Neste caso o assalto terminou com a morte do dono do apartamento, um empresário de 39 anos, que alegadamente terá reagido à presença dos criminosos, com idades entre os 19 e os 25 anos.

Em comunicado citado pelo portal, o Google refere que tal «como toda ferramenta de uso de massa, é possível que alguns usuários a utilizem para outros fins».

Já para nem falar do comentário que aparece à notícia que, em grosso modo diz qualquer como: “é o reverso da medalha. A polícia também utiliza o Google Maps para planear intervenções“. Ou seja, estes senhores acham que ainda faz sentido implicar com as novas tecnologias desta forma idiótica e anedótica!

Vejamos, se isto é admitido como notícia, se isto serve para criticar ou para demonstrar a perigosidade de um determinado meio, então outras notícias terão que fazer sentido:

1. Pedófilos utilizam computadores e internet para publicar pornografia infantil.

2. Computadores são utilizados para esquemas de phishing.

3. Computadores e redes chat são utilizados para aliciar crianças.

4. As facas da marca X, por ser especialmente pontiagudas, são preferencialmente utilizadas para crimes passionais.

5. Machado é utilizado num crime de homicídio privilegiado.

6. Isqueiro é utilizado para incendiar floresta.

Ok, vamos acabar com a internet, com os computadores, com as facas, com os machados, com os isqueiros… Vamos acabar com tudo! Vamos até acabar com as roupas uma vez que são utilizadas por reclusos para se suicidarem… Vamos acabar com google maps uma vez que as pessoas o utilizam para planear assaltos. Vamos acabar com contas de email uma vez que são utilizadas para disseminar vírus, esquemas de burla, spam, etc. Vamos acabar com redes p2p uma vez que os utilizadores as utilizam para fins ilegais. Vamos acabar com tudo o que nos rodeia, até com com lápis e com as canetas uma vez que são pontiagudas e podem ser utilizadas para o crime.

Está todo mundo louco. Este tipo de notícias tem um intuito: colocar em cheque as tecnologias de ponta, minar o trabalho árduo de quem realmente quer deixar obra neste mundo. Se não tem esse intuito e é tão-somente uma notícia ingénua, então deixa de ser um artigo estúpido e passa a ser um artigo asqueroso, desprovido de qualquer axioma que possamos deslindar neste triste mundo!

Parem lá com este tipo de informação de uma vez por todas, aprendam a ser jornalistas começando por aprender as máximas da razoabilidade e, se não têm mais nada que fazer senão perder tempo com isto, ao menos dediquem-se à pesca porque, agora, já podem tirar a licença pelo Multi-Banco.

12
Abr
09

NVidia Ion

O conceito dos mini-computadores está na moda. Num momento em que a crise obriga tanto os produtores como os revendedores a procurarem soluções de mercado a um preço “decente”, começa a fazer cada vez menos sentido investir milhares de euros em hardware topo de gama.

É óbvio que nada substitui um PC artilhado com as últimas novidades em hardware e, sem dúvida, existem profissionais e hardcore gamers que necessitam desse tipo de poder para prosseguirem a sua actividade. Esse mercado sempre subsistirá! Não obstante, o utilizar médio e doméstico que procura apenas uma solução de trabalho, multimédia e de diversão “soft”, não está em condições de adquirir um PC de gama alta com o ónus de ter que o actualizar pontualmente, até porque um verdadeiro upgrade só resulta quando feito de raiz. Já para não falar que esses PC’s são ávidos consumidores de energia e de espaço!

Nesse sentido a indústria investiu imenso nos “net-books”. Com eles surgiram certas e determinadas necessidades: componentes de dimensões reduzidas, com capacidade de processamento quando baste e com consumos energéticos diminutos. Contudo, o mercado dos net-books abrange tão-somente aquelas pessoas que necessitam de um terminal de acesso à internet a todo o momento, ou de uma máquina de trabalho simples. Na verdade a capacidade multimédia e de lazer dos “net-books” está muito aquém do desejável. Por um lado porque, nos dias que correm, o processamento multi-core é essencial. Por outro lado porque para que um processador esteja liberto para fazer exactamente aquilo para o que foi construído, é necessário um conjunto de componentes extra como GPU’s e placas audio dedicadas. Para além disso, este mercado não possui componentes com tecnologia que descodifiquem via hardware os novos conteúdos de alta definição.

Foi então que a NVidia surgiu com aquela que seria a verdadeira revolução nos desktops, uma solução que responderia àquelas carências dos “net-books”. A proposta era simples: um computador caseiro de dimensões extremamente reduzidas, com processamento multimédia e gráfico acima da média e com consumos energéticos reduzidos. A portabilidade estaria assegurada, ainda que um ecrã seja requerido. Contudo, tal tecnologia pode também, no futuro, ser adoptada para os “net-books”. Ou seja, uma “mini-máquina” capaz de fazer tudo aquilo que fazem os grandes desktops por um preço acessível. Um PC que até pode muito bem ser substituído todos os anos por versões mais recente e mais poderosas. O nome dessa máquina seria “NVidia Ion“, cujas especificações podem encontrar no site da NVidia.

Recentemente, na CES 2009, a NVidia mostrou aquilo de que o Ion é capaz:

E podemos verificar as suas capacidades de multi-tasking:

E notícias recentes mostram que os fabricantes já compreenderam bem que o Ion é uma oportunidade de negócio única, lucrativa, interessante e de longo prazo, tanto para o mercado doméstico como para o mercado empresarial, especialmente em época de crise global. A Acer já anunciou o seu novo “Aspire Revo“, uma mini-pc baseado na tecnologia NVidia Ion e que promete imenso.

aspire_revo1

aspire_revo2

aspire_revo3

Quanto a mim esta proposta é mais do que interessante e está na minha lista de compras futuras – até porque estou a precisar de PC novo. Sabido é que o Ion virá inicialmente equipado com um processador Atom dual-core da Intel, bem como com um GPU GeForce 9400M, o que, só por si, garante performance mais do que suficiente para a esmagadora maioria dos utilizadores.

Estou em crer que este será o futuro a seguir para o mercado doméstico, tanto pela mobilidade e reduzidas dimensões, como pela capacidade de processamento, pelo consumo energético e, claro, pelo preço.




Ubuntu 10.04

Ubuntu: For Desktops, Servers, Netbooks and in the cloud
Abril 2009
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Petição contra o Novo Acordo Ortográfico

manifestodefesalinguapoug5

Plágio!

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Os mais clicados

  • Nenhum

Visitas

  • 428,343 visitantes