28
Dez
08

Fix de PC’s antigos

pc antigo

Tenho cá em casa um PC com alguns anos que recentemente vinha demonstrando alguns sinais que, pensava eu, eram de pré-reforma. Quero dizer, alguns ficheiros de extensão “.rar”, por serem muito grandes, simplesmente não se queriam extrair. Verificava que o winrar, naquele pc, queixava-se sempre de que o ficheiro estava corrupto. Muito estranho na medida em que várias versões do winrar davam sempre o mesmo erro. Mais tarde verifiquei que era o PC que os tornava corruptos. Isto é, no meu portátil eles estavam 100%, mas no PC apareciam a 99%.

Durante algumas semanas andei convencido de que se tratava de uma de duas coisas: Ou o disco rígido estava a dar as últimas, ou então a RAM estava “acabada”. Depois convenci-me a mim mesmo que se tratava de problema na RAM porque o “memtest” dava erros com fartura.

Do mesmo modo o PC apresentava mensagens de erros quando tentava aplicar os updates do Windows XP. Muito estranho mesmo. Comecei então a pensar seriamente em abrir o PC, desmontar, limpar, voltar a montar e testar componente por componente. Foi o que fiz e ainda bem porque verifiquei que o processador estava literalmente em contacto directo com o dissipador, chapa com chapa, nem uma gota de massa térmica. Malditas lojas de informática! Como eu vos detesto!

Por outro lado, a placa gráfica tinha massa térmica entre o dissipador e o gpu, mas estava tão velha e tão envolta em poeira, que simplesmente secou e estava rígida. Também já li algures que os fabricantes, uma vez que na linha de montagem tudo é aplicado por máquinas, optam por massas térmicas em forma de pastilha para uma aplicação mais fácil. Acontece que essa massa geralmente é péssima! Mas calma, coloquei aqui o carro à frente dos bois. É que, de facto, lembro-me que aquela GForce 6800 LE, em conjunto com o processador Prescott 3.0, dava para jogar lindamente o Counter Strike Source. Mas agora, arrastava-se indecentemente. Então também decidi dissecar o bicho. Foi quando me deparei com o descrito.

Os componentes, em geral, estavam demasiado envoltos em poeira. Levei umas valentes horas a limpar tudo com muito cuidado. Em seguida dirigi-me a uma loja, à qual não vou fazer publicidade, para comprar massa térmica e aproveitei para mandar a “boca” em ralação à sua política de vender pc’s sem aplicação de massa termina no processador. Eles garantiram que na loja deles tudo é feito com profissionalismo. Fiquei muito descansado. Ainda assim, infelizmente, não havia à venda ArticSilver 5, mas havia uma massa térmica da Cooler Master, mais concretamente a HTK-002 que, supostamente e de acordo com as especificações, são ideais para aplicações a componentes de alta performance. Enfim, parti do princípio que seria mais do que suficiente!

Chegado a casa, limpei a massa térmica antiga da placa gráfica com cotonetes e álcool, apliquei a massa térmica tanto no GPU como no CPU e assemblei todos os componentes. Decidi então efectuar, e passo a redundância, o teste do “memtest”. Resultado: zero erros! 🙂

Voltei a tentar aplicar os updates do Windows XP. Resultado: zero erros! 🙂

Fui dar uns tirinhos no Counter Strike Source. Resultado: tudo no máximo sem slowdowns. 🙂

Enfim, mais uma lição: quando lhes aparecer no Sistema Operativo muitos erros incógnitos, quando notarem défices de performance exagerados nos componentes, ou quando verificarem que a vossa máquina está a tornar corruptos os vossos ficheiros, pensem em fazer uma limpeza e um fix geral na máquina! Muitas vezes os componentes não funcionam correctamente  por estarem demasiado sujos com poeira, ou por falta de manutenção! Do mesmo modo, um conselho: se não foram vocês a montar a vossa máquina – desconfiem!

Fica aqui mais um episódio.

Abraço.

Anúncios

2 Responses to “Fix de PC’s antigos”


  1. 1 Carlos Afonso
    28 de Dezembro de 2008 às 12:50

    Publicidade enganosa. Pensei que fosse falar do TRS-80 aí no cimo. Quantas horas passei a «arranjar» dessas coisas. Não faço a mínima ideia mas foram algumas. «Arranjar» porque aquilo era uma verdadeira porcaria. Quando as pessoas se queixam de um BSOD actualmente nem podem imaginar o que um gajo passava há quase 30 anos.

    • 28 de Dezembro de 2008 às 15:03

      Carlos Afonso, obrigado pelo seu comentário.

      De facto não consigo perdoar-me por ter escolhido aquela imagem para o tópico. Procurava algo que desse a ideia de antigo, mas agora vejo que o exagero tem limites!

      Já agora partilhe um pouco do seu conhecimento sobre essas máquinas – essas sim antigas!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Ubuntu 10.04

Ubuntu: For Desktops, Servers, Netbooks and in the cloud
Dezembro 2008
S T Q Q S S D
« Out   Jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Petição contra o Novo Acordo Ortográfico

manifestodefesalinguapoug5

Plágio!

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Visitas

  • 430,369 visitantes

%d bloggers like this: